Questo sito usa cookie per fornirti un'esperienza migliore. Proseguendo la navigazione accetti l'utilizzo dei cookie da parte nostra OK

Il nuovo volto del Consolato Generale a San Paolo: il bello al servizio dell'efficienza

Data:

19/01/2022


 Il nuovo volto del Consolato Generale a San Paolo: il bello al servizio dell'efficienza

O projeto de reforma, que nasceu de uma necessidade operacional, tornou-se uma oportunidade para atualizar os espaços e oferecer à São Paulo, sua comunidade italiana e aos amantes de Itália, além de ao Sistema Itália, um espaço que fala da Itália e narra o design italiano através de uma experiência diária e tangível de "viver à maneira italiana".

A reforma começou no final de 2019, como resultado da necessidade - agora urgente - de aumentar os espaços para atendimento ao público. Em particular, após experimentar em 2019 um aumento na oferta de passaportes (de 17.000 para 26.000 por ano), mudando - com os recursos já existentes - apenas os procedimentos, sentimos a necessidade de aplicar esta mesma estratégia ao departamento de cidadania.

O objetivo era criar espaços renovados que permitissem a concentração do back office e do front office no mesmo andar.

O projeto da Archea combinou a estrutura original do edifício, que é feito de concreto, com a elegância do aço corten e a tradição da madeira, para simbolizar respectivamente a concretude de nossa presença aqui, a industrialidade e o know-how italiano, e a riqueza natural do Brasil. A madeira utilizada é estritamente de reflorestamento, no pleno respeito ao meio ambiente. Seguindo o projeto original, os móveis escolhidos são de design exclusivo italiano.

Cadeiras de Moroso e Edra, lâmpadas de Flos e Henge e cortinas de Rossi adornam as áreas abertas ao público, também com o objetivo de combater a pirataria industrial, da qual a Itália é uma vítima freqüente.

O Consulado renovado se apresenta agora como um novo espaço, a serviço da comunidade italiana, mas também de nossas empresas. Os espaços abertos ao público são projetados para serem espaços multifuncionais: de manhã são dedicados aos serviços e à tarde e à noite podem ser usados para organizar eventos culturais, comerciais e científico-tecnológicos.

Grandes espaços externos no térreo e segundo mezanino foram recuperados e integrados com o interior, mudando radicalmente seu uso. No andar térreo, em particular, o espaço pode ser utilizado para eventos de convívio.

Para todos os detalhes, convidamos você a assistir o vídeo abaixo:


867