Questo sito usa cookie per fornirti un'esperienza migliore. Proseguendo la navigazione accetti l'utilizzo dei cookie da parte nostra OK

Consulado Geral da Itália firmou firma acordos com o objetivo de reforçar o ensino da língua e da cultura italiana nas escolas públicas da cidade de São Paulo e Jundiaí

Data:

05/11/2021


Consulado Geral da Itália firmou firma acordos com o objetivo de reforçar o ensino da língua e da cultura italiana nas escolas públicas da cidade de São Paulo e Jundiaí

O Consulado Geral da Itália firmou, com distância de poucos dias entre um e outro, dois acordos com o objetivo de reforçar o ensino da língua e da cultura italiana nas escolas públicas da cidade de São Paulo e Jundiaí, esta última uma das cidades com o maior índice de desenvolvimento humano do Brasil.

Na metrópole paulistana o acordo assinado entre o Secretário da Educação Fernando Padula Noaves e o Cônsul Geral Filippo La Rosa, prevê que o italiano seja ensinado aos jovens – entre 11 e 15 anos – das escolas públicas da cidade, através de centros de ensino de língua estrangeira, instituídos em direta consequência do acordo firmado três anos atrás entre o Consulado e o Município.

A decisão de seguir com o programa, que trouxe bons resultados não obstante o biênio de pandemia, é fruto do desejo das autoridades italianas de continuar a investir na escola pública de São Paulo para aproximar da Itália os tantos talentos que não possuem oportunidade de frequentar o ensino privado, no qual o Consulado Geral investiu nos últimos três anos de maneira significativa, introduzindo o ensino do italiano em diversas escolas da cidade.

Já o acordo firmado com a cidade de Jundiaí é ainda mais ambicioso. 

As instituições locais nos últimos três anos entenderam a importância do ensino da língua italiana, não só pelo fato de a região possuir uma altíssima concentração de descendentes de italiano, mas, também, graças às potenciais oportunidades que surgem a partir do conhecimento da cultura e da língua italiana 

O objetivo final desta iniciativa é a introdução universal do ensinamento do italiano como matéria curricular nas escolas da cidades, que possui mais de 400 mil habitantes. 

Para tanto será necessário formar um número ainda maior de professores de língua italiana do que o atual contingente ativo no ensinamento extra curricular. Para cumprir este desafio, este Consulado Geral e as prefeituras seguem fortemente empenhados tendo inclusive elaborado um projeto específico neste sentido.

 


835