Questo sito usa cookie per fornirti un'esperienza migliore. Proseguendo la navigazione accetti l'utilizzo dei cookie da parte nostra OK

COVID19 - REGRESSO DE CIDADÃOS ITALIANOS OU ESTRANGEIROS RESIDENTES NA ITÁLIA: INFORMAÇÕES ATUALIZADAS EM 15 DE JULHO

Data:

15/07/2020


COVID19 - REGRESSO DE CIDADÃOS ITALIANOS OU ESTRANGEIROS RESIDENTES NA ITÁLIA: INFORMAÇÕES ATUALIZADAS EM 15 DE JULHO

De 9 a 31 de julho é proibida a entrada na Itália de pessoas que, nos 14 dias anteriores, tenham permanecido ou transitado por um dos seguintes países: Armênia, Bahrein, Bangladesh, Brasil, Bósnia-Herzegovina, Chile, Kosovo, Kuwait, Macedônia do Norte, Moldávia, Montenegro, Omã, Panamá, Peru, República Dominicana, Servia (para Kosovo, Montenegro e Servia a proibição se aplica a partir de 16 de julho; para todos os outros países do elenco a proibição se aplica a partir de 9 de Julho).

A única exceção à proibição é para cidadãos italianos, cidadãos da UE, cidadãos de um país parte do Acordo de Schengen, cidadãos do Reino Unido, cidadãos de Andorra, cidadãos do Principado de Mônaco, cidadãos da República de São Marino ou cidadãos do Estado da Cidade do Vaticano e seus familiares próximos (ascendentes e descendentes que vivem juntos, cônjuge, parceiro de união civil, companheiro e/ou parceiro em relação estável), desde que sejam residentes na Itália desde antes de 9 de julho de 2020.

Qualquer pessoa que entre na Itália de qualquer localidade estrangeira é obrigada a dar ao transportador ou à polícia, em caso de verificações, uma auto-declaração de acordo com o modelo que pode ser baixado deste site (LINK).


Para maiores informações sobre o regulamento de viagens de e para o exterior a partir de 9 de julho, leia atentamente as Perguntas Mais Frequentes (FAQ) disponíveis no site do Ministério das Relações Exteriores e Cooperação Internacional: clicando aqui

 


674