Questo sito usa cookie per fornirti un'esperienza migliore. Proseguendo la navigazione accetti l'utilizzo dei cookie da parte nostra OK

Apresentação dos documentos para obtenção da "Declaração de Valor"

 

Apresentação dos documentos para obtenção da

A emissão da declaração de valor será dada de forma gratuita apenas se comprovado o efetivo prosseguimento dos estudos. Para tal finalidade, será necessário apresentar uma carta que comprove um vínculo entre o estudante e a Universidade ou o Instituto de formação italiano.

No caso de reconhecimento da propria profissão o serviço será pago. O pagamento poderá ser efetuado diretamente no setor mediante cartão de débito bancário. Nos casos excepcionais, quando não for possível efetuar o pagamento diretamente na sede, o requerente poderá efetuar o pagamento através de transferência bancária para a conta corrente do Consulado Geral da Itália em São Paulo, cujos detalhes serão informados pelo setor responsável, na hora da apresentação dos documentos. O serviço pedido não será fornecido até que o setor competente comprove o depósito na conta corrente.

RELEMBRAMOS, QUE TODOS OS DOCUMENTOS PARA EMISSÃO DA DECLARAÇÃO DE VALOR IN LOCO DEVERÃO SER APRESENTADOS COM “APOSTILA”, TANTO NO ORIGINAL QUANTO NA TRADUÇÃO JURAMENTADA. A APOSTILA DEVERÁ SER COLOCADA POR QUALQUER TABELIÃO DE NOTAS DO ESTADO BRASILEIRO.

 

ATENÇÃO

- Os documentos apresentados serão anexados à Declaração de Valor em loco, que deverá ser apresentada à Instituição de ensino italiana. No caso em que o requerente não queira perder os documentos originais, será necessário apresentar a cópia conforme autenticada (incluindo a cópia da apostila original) e apostilada novamente.

- As cópias dos documentos deverão ser em preto e branco. Não serão aceitas cópias coloridas.

 

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS

  • PEDIDO do interessado, endereçado ao Consulado Geral da Itália em São Paulo, preenchido com todos os dados pessoais e a indicação de toda a documentação apresentada. Este formulário deverá ser datado e assinado pelo interessado ou seu procurador. IMPORTANTE: INDICAR SEMPRE TELEFONE E ENDEREÇO E-MAIL.

  • DOCUMENTOS:

    1) Títulos de Ensino Fundamental e Ensino Médio

1.1 Histórico escolar (onde consta o Certificado de Conclusão);

1.2 Tradução para o Italiano feita por tradutor público juramentado.

Para títulos de estudo emitidos no Estado de São Paulo: cópia da página do Diário Oficial onde consta a “Lauda de Concluinte” (no Diário Oficial contêm as “Listas de Concluinte” a partir de 1980).

Para títulos obtidos antes de 1980 o Histórico Escolar precisa do “Visto Confere” da Delegacia de Ensino, com assinatura conforme ao item 1.1.

Destacar com marca-texto o nome do interessado. A cópia da página deve ser solicitada junto à IMPRENSA OFICIAL DO ESTADO S.A.- IMESP.

A partir de 2003 a “Lauda de Concluinte” encontra-se disponível também no site GDAE SP .

Para títulos emitidos nos Estados de MT, MS, AC, RO: “Visto confere” aposto no título de Estudo pela Diretoria de Ensino habilitada e competente por território.

 

2) Títulos Universitários

2.1 Para emissão da declaração de valor de título de graduação será necessária a apresentação, nas condições solicitadas anteriormente, também do histórico escolar do ensino médio;

2.2 Diploma universitário e Histórico escolar;

2.3 Tradução para o italiano do Diploma e do Histórico Escolar, feita por tradutor público juramentado.

2.4 Declaração de autenticidade tanto do diploma quanto do histórico escolar, em original, com firma reconhecida

2.5 Conteúdo programático de todas as disciplinas (sem tradução, exceto em caso de pedidos feitos pelas Faculdades italianas escolhidas), encadernado, com paginas numeradas e acompanhado por declaração fornecida pela Faculdade, com indicação de:

I. nome completo do estudante;
II. denominação do curso e número de páginas do conteúdo programático.

Tal declaração deverá ser traduzida por tradutor juramentado.

N.B. Em caso de “MESTRADO”, “DOUTORADO” E “ESPECIALIZAÇÃO”, apresentar o título original e a declaração do Instituto de Ensino com indicação de:

I. duração total;
II. requisitos de acesso;
III. percurso acadêmico efetuado para conseguir o título.

O título de estudo e a declaração deverão ser traduzidos por tradutor público juramentado.

 

  • CÓPIA SIMPLES DE TODA A DOCUMENTAÇÃO (excluíndo o “conteúdo programático”), INCLUINDO AS TRADUÇÕES;

  • CÓPIA SIMPLES DE UM DOCUMENTO DE IDENTIDADE VÁLIDO.

  • Somente para quem requer a legalização para o reconhecimento da profissão na Itália:

DECLARAÇÃO DO CONSELHO REGIONAL, OU ORGÃO COMPETENTE, com data de emissão não superior a três meses, onde conste claramente:

  • que o interessado está matriculado;
  • o número da matrícula;
  • os dados da Lei Federal que regulamenta o exercício da profissão no Brasil;
  • as atividades profissionais que o título habilita a exercer no Brasil;
  • que nada impede o legítimo exercício da profissão pelo interessado no Brasil.

A declaração deverá ser traduzida para o italiano por um tradutor público juramentado.

 

IMPORTANTE - Apresentar a documentação em ordem cronológica a partir do mais antigo e na seguinte ordem:

  1. Original, com a tradução;

  2. Cópia do original, com a cópia da tradução.

 

 


452